Como é que vou fazer uma queixa contra a casa do Senhor.

Dois dias após o desabamento do teto da sede da igreja Renascer em São Paulo --ocorrida domingo 18/01/2009 e que provocou a morte de nove pessoas -- a Renascer publicou em seu site um comunicado pedindo doações em dinheiro para a reconstrução do local. Mais de cem pessoas ficaram feridas. e ao menos 18 continuavam internadas até a noite desta terça-feira.

A igreja, também pentecostal, cedeu o espaço de 5 mil lugares para a realização do culto chamado de "Noite do Poder".

O templo evangélico Assembleia de Deus recebeu ontem, em São Paulo, os convidados da Igreja Renascer em Cristo. Show de bailarinas, telões e transmissão via satélite .
O casal de bispos Estevam e Sonia Hernandes apareceu nos telões, direto de Miami, onde cumprem liberdade condicional por conspiração e contrabando.

Para uma plateia de 2 mil pessoas, os Hernandes aproveitaram para pedir reforço no dízimo para a reconstrução da sede da Renascer e pediram aos que tivessem contribuições "generosas" que fossem ao palco.

Foi a primeira vez que o casal se pronunciou publicamente sobre a queda do telhado da sede da Renascer, que no domingo matou nove pessoas. A plateia entre as quais parentes das vítimas, levantou e ovacionou o casal. "Sinto como se tivesse perdido nove filhos", disse o "bispo". Ele citou uma das vítimas, Maria de Lourdes, que teria afirmado querer morrer dentro da igreja. "Disse que aqui, entre os mortais, há muito trabalho a ser feito, mas que o melhor mesmo é estar perto de Cristo".
Ao comentar a tragédia, Hernandes comparou-se ao personagem bíblico Jó. "Também a casa de Jó caiu com seus filhos dentro", disse. "Mas o sofrimento e a dor me glorificam", afirmou.

Aos parentes, mandou a mensagem: "Essa dor não é de morte, mas de ressurreição", ao que o público gritava "Aleluia!". Estevam continuou: "O sofrimento que o Satanás me causa é para alcançarmos a Glória."
Ele também contou que um fiel teria sido chamado à delegacia e quase obrigado a fazer uma denúncia contra a Igreja. "Como é que vou fazer uma queixa contra a casa do Senhor, onde recebo todas as glórias?", perguntava Estevam aos fiéis. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Este é o retrato da mentalidade de um povo que não tem a capacidade de separar o que é divino do que é humano.
Que não exerce o senso critico, pois, na verdade nem sabe o que significa isto.


Somando a isto esta noticia:
A Associação Nacional de Jornais (ANJ) emitiu nota na qual "condena e lamenta as agressões e atos hostis contra jornalistas praticados por adeptos da Igreja Renascer, logo após o desabamento do telhado da sede mundial da entidade, em São Paulo (SP), no último domingo". Nove pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas.

E relembrando o chamamento da:
A UNIÃO EVANGÉLICA BRASILEIRA é uma associação livre que representa 421 ministérios e associações menores de pastores, em 21 estados da federação; procuramos arrebanhar o maior número possível de pessoas a fim de mostrarmos a força do segmento.
Instruímos desde já nossos ministros, bispos e pastores a incluirem em suas revistas de leitura semanal a inclusão do assunto: Intolerância religiosa dos meios de comunicação contra o povo evangélico; precisamos doutrinar nossos membros e nossos filhos acerca dessas armadilhas

Não vamos aceitar pacificamente mais esse achincalho da Globo. Povo Evangélico vamos dar a resposta que esse canal merece. Eles precisam ouvir a nossa verdadeira voz. Essa circular está sendo publicada em 32 jornais e revistas do país, e vai estar presente nas revistas da Escola Dominical de 172 igrejas.

Pastor José Eufrásio Rodrigues ? Presidente
Pastor Davi Toledano ? Vice-Presidente
Evangelista Antônio Pires Penteado ? CRG 21512
Bispo Everaldo Antune Souza e mais 371 pastores e autoridades religiosas evangélicas

Este fato ocorreu quando na novela da globo uma atriz fazendo papel de uma evangelica comete atos extremados.
Conclusão: Só de janeiro a março deste ano, mais de 100 processos deram entrada na Justiça, em 20 comarcas brasileiras, movidos pelos evangélicos contra jornais, jornalistas e emissoras de TV. Tudo porque ousaram criticá-los desfavoravelmente, segundo a sua ótica.
Os jornais "Extra", do Rio de Janeiro, e "A Tarde", da Bahia, e dois profissionais desses veículos foram alvos, até ontem, de 41 ações de indenização por danos morais movidas em nome de fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus.

Hoje são seguidores religiosos que não discutem o chamamento que o pastor faz, no meu ponto de vista isto é extremamente perigoso, pois são pessoas que ao se dizer a palavra mágica “isto é orientação divina” são capazes de fazer qualquer coisa.

Um dia eles chutam imagens, em outro destroem casas de outros religiosos e amanhã o que pode vir por ai?
Temos o exemplo do Hamas para pensar. Qual sua opinião?

Pesquisa feita nestas Fontes:
http://www.midiaindependente.org/eo/blue/2008/03/414999.shtml

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u339039.shtml

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u492528.shtml

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,igreja-usa-midia-propria-para-falar-em-milagre,309957,0.htm

Comentários

Excelente!

rs. Segui tua orientação, mas escreveria mesmo sem orientação, e sabe por que? Porque eu reflito sobre as coisas, vejo se são boas, se tem coerência e então tomo a minha decisão.
Mas infelizmente muitas pessoas, em nome da fé (que em muitos casos creio que seja ignorância extremada) fazem o que uma pessoa escolhida (pergunto: por quem?) manda. E olha se não fizer, vai tudo pro inferno.

O dia em que as pessoas entenderem que não é a religião que as torna boas, mas sim suas atitudes, talvez isso comece a mudar.


Parabéns