Igreja Universal na mira do Ministério Público Federal.




Igreja Universal na mira do Ministério Público Federal.

A Folha de São Paulo publicou hoje (25/10) uma matéria, na qual o repórter Rubens Valente afirma que a Igreja Universal do Reino de Deus teria usado o esquema Diskline para envio de dinheiro para o exterior.

Segundo o artigo.
O Ministério Público Federal tem em seu poder documentos que indicam o uso de uma casa de câmbio chamada Diskline para fazer remessas de pelo menos R$ 17,9 milhões, em valores atualizados, para uma conta bancária em Nova York cuja beneficiária era a Igreja Universal do Reino de Deus.

(...) Os documentos que revelam as operações foram produzidos pela Assessoria de Análise e Pesquisa da Procuradoria-Geral da República, em Brasília, tendo como base os achados das ações da PF e da CPI do Banestado. Num disquete apreendido na sede da Diskline e periciado pela PF, foi achada uma tabela que descreve 24 remessas feitas entre agosto de 1995 e fevereiro de 1996 no total de R$ 7,5 milhões, ou R$ 17,9 milhões atualizados pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor).

Leia o artigo todo aqui
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u642951.shtml

Comentários